Defender a adoção de politicas públicas voltadas para as mulheres catarinenses é um dos desafios da deputada Paulinha

A sensibilidade da deputada Paulinha é total. Afinal, ela mesma foi mãe de duas meninas, Manuela e Mariana, muito jovem.

Defender a adoção de politicas públicas voltadas para as mulheres catarinenses é um dos desafios da deputada Paulinha
Foto: Valquiria Guimarães / Assessoria de Comunicação / Deputada Paulinha
A sensibilidade da deputada Paulinha é total. Afinal, ela mesma foi mãe de duas meninas, Manuela e Mariana, muito jovem.

Defender a adoção de politicas públicas voltadas para a proteção e interesses das mulheres catarinenses é um dos desafios do mandato da deputada Paulinha. Ela, que forjou sua vida pública nos movimentos estudantis e sociais, tem na causa feminina uma de suas principais bandeiras.

De um total de 59 projetos de leis encaminhados desde que tomou posse em 2019, cinco são voltados para atender as mulheres, seja para minimizar aquelas que são vitimas de violência doméstica ou para assistir as futuras mamães.

A sensibilidade da deputada Paulinha é total. Afinal, ela mesma foi mãe de duas meninas, Manuela e Mariana, muito jovem.

Comenta por exemplo que o PL./0296.9/2019, garante à gestante o acesso ao parto cesariano, na Rede Pública ou Privada de Saúde, a partir da trigésima nona semana de gestação, quando por recomendação médica, bem como a analgesia, mesmo quando escolhido o parto normal.

 " São momentos únicos e especiais para nós mulheres e precisamos ter esse acolhimento do Estado", observa que destacou que a maior homenagem que as deputadas poderiam ter neste mês de Março, que é marcado pelo Dia Internacional da Mulher, é justamente que o Parlamento tivesse a sensibilidade de agilizar a aprovação desses projetos de leis da Bancada Feminina voltado para as mulheres catarinenses. " Gostaríamos de ter celeridade com essas pautas", disse.

Conheçam os Projetos de Lei destinados para as mulheres que aguardam a votação da deputada Paulinha

PL./0018.0/2021

Cria o programa de capacitação de agentes comunitárias de saúde para realização de acolhimento a vítimas de violência doméstica do Estado de Santa Catarina, denominado "Capacitando Quem Acolhe" e adota outras providências.

 PL./0030.7/2019

Institui, no âmbito Estadual, do Programa Tem Saída, destinado ao apoio às mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

 PL./0459.0/2019

Institui o Selo Prefeitura Amiga das Mulheres, no âmbito do Estado de Santa Catarina.

 PRS/0003.4/2019

Dispõe sobre a criação, no âmbito da Assembleia Legislativa, do Subprograma Mulher no Parlamento, e adota outras providências.

 PRS/0008.9/2019

Dispõe sobre a destinação de percentual das vagas relativas aos contratos de prestação de serviços continuados e terceirizados, no âmbito da ALESC, às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, e para jovens de 15 a 29 anos de idade vítimas de prática de racismo ou injúria racial que especifica.

Valquiria Guimarães / Assessoria de Comunicação / Deputada Paulinha


Imagens

Defender a adoção de politicas públicas voltadas para as mulheres catarinenses é um dos desafios da deputada Paulinha

Defender a adoção de politicas públicas voltadas para as mulheres catarinenses é um dos desafios da deputada Paulinha
Foto: Valquiria Guimarães / Assessoria de Comunicação / Deputada Paulinha
A sensibilidade da deputada Paulinha é total. Afinal, ela mesma foi mãe de duas meninas, Manuela e Mariana, muito jovem.