Ações e procedimentos

BRF ANUNCIA MEDIDAS NO COMBATE AO CORONAVÍRUS PARA REFORÇAR SEGURANÇA AO COLABORADOR E GARANTIR ABASTECIMENTO DE ALIMENTOS À POPULAÇÃO

CEO da Companhia, Lorival Luz, destaca a responsabilidade e a prontidão com que os colaboradores, produtores integrados e fornecedores estão conduzindo suas atividades

Capinzal, 24 de março de 2020 - Uma das maiores companhias de alimentos do mundo e ciente de sua responsabilidade frente à pandemia do novo Coronavírus (COVID-19), a BRF vem intensificando nas últimas semanas ações e procedimentos visando a saúde e segurança de todos os envolvidos em seu contexto operacional. Esta e outras medidas reafirmam o compromisso de estar ao lado da população e do poder público, tomando as providências necessárias para manter o funcionamento de suas atividades - consideradas essenciais pelo governo federal - e assegurar assim o abastecimento neste momento especialmente desafiador.  

A partir de recomendações de renomados especialistas e protocolos definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e demais autoridades de todos os países onde está presente, a Companhia desenvolveu planos de proteção aos trabalhadores e continuidade operacional. Instituiu, por exemplo, logo no início do surto, um Comitê Permanente de Acompanhamento Multidisciplinar, composto por executivos e médicos, incluindo da área de infectologia.

Entre as medidas já adotadas, estão o afastamento de todos os colaboradores inseridos nos grupos de risco (com mais de 60 anos, gestantes ou com problemas crônicos de saúde), jovens aprendizes e estagiários; disponibilização de maior quantidade de álcool gel e/ou produtos alternativos com a mesma eficácia nas portarias, sanitários e áreas de grande fluxo de pessoas; assim como a intensificação da higienização das áreas coletivas: vestiários, refeitórios, dentro de veículos de transporte de funcionários, além de máquinas, equipamentos, instalações, paredes, pisos, maçanetas e corrimões das unidades.

Parte de um time global de 90 mil pessoas, na cidade de Capinzal, a BRF conta com cerca de 4,2 mil trabalhadores, onde todos têm a temperatura corporal verificada logo no acesso à empresa. Nesta localidade, houve ajuste de horário de refeições para controlar o número de pessoas no restaurante e garantir a lavagem correta das mãos dos colaboradores.

Também está sendo feito o acompanhamento da área de saúde ocupacional e serviço de orientação médica de suspeitas e afastamento de profissionais que possuam qualquer sintoma do vírus ou tenham tido contato com alguém suspeito de contaminação; além de busca ativa de potencial contaminação das pessoas envolvidas em sua operação a cada novo caso identificado no município.

A BRF disponibiliza ainda um canal exclusivo de esclarecimento e orientação médica 24 horas por dia para colaboradores, familiares e agora estendido a fornecedores e integrados; cancelou viagens internacionais e nacionais, visitas às operações BRF (fábricas e centros de distribuição); determinou home office em todos escritórios administrativos; isolamento de 14 dias para aqueles que retornaram do exterior recentemente e flexibilização para quem possua dificuldades em relação à logística com filhos durante o período de paralisação das aulas.

Foi reforçada campanha interna para salientar atitudes preventivas que cada colaborador deve adotar para se proteger e ajudar a evitar a proliferação do vírus e como proceder se houver indícios de contaminação. Vale ressaltar que o Comitê Permanente de Acompanhamento Multidisciplinar acompanha, em tempo real, os desdobramentos em nível mundial do surto do COVID-19, para atualizar as providências com agilidade.

Foram ainda implantados comitês locais para execução e acompanhamento das iniciativas, procedimentos de prevenção para os motoristas das transportadoras que entram nos Centros de Distribuição e fábricas da BRF; além da restrição de participação em eventos com grandes aglomerações de pessoas em cidades onde já foram confirmados casos da pandemia.

A BRF segue acompanhando a evolução da doença no Brasil e não medirá esforços para garantir a efetividade de suas ações, implementando novas medidas sempre que necessário e em consonância com as boas práticas da OMS e Ministério da Saúde.

De acordo com o CEO da Companhia, Lorival Luz, a atual conjuntura implica em responsabilidade solidária para garantir o suprimento de alimentos não só no Brasil, mas em todo o mundo. "O momento nos pede serenidade. Reitero que estamos seguindo as orientações da OMS e demais autoridades, com o objetivo de preservar a saúde de todos, de forma segura e com qualidade. Por isso, agradeço a responsabilidade e a prontidão com que nossos 90 mil colaboradores, 11 mil produtores integrados e 14 mil fornecedores estão conduzindo suas atividades e, uma vez mais, reforço nosso apoio no que for necessário, para continuarmos cumprindo o nosso papel de levar alimento para milhões de pessoas, oferecendo um pouco mais de alento em um cenário tão delicado para todos."

Sobre a BRF

Maior exportadora global de frango do mundo, a BRF está presente em cerca de 140 países e é dona de marcas icônicas como Sadia, Perdigão e Qualy. Seu propósito é oferecer alimentos de qualidade cada vez mais saborosos e práticos, para pessoas em todo o mundo, por meio da gestão sustentável de uma cadeia viva, longa e complexa, que proporciona vida melhor a todos, do campo à mesa. Pautada pelos compromissos fundamentais de segurança, qualidade e integridade, a Companhia baseia sua estratégia em uma visão de longo prazo e visa gerar valor para seus mais de 90 mil colaboradores no mundo, cerca de 265 mil clientes e aproximadamente 12 mil integrados no Brasil, todos os seus acionistas e para a sociedade.

Informação passada à imprensa por Patricia Oliveira 


Imagens