O TEMPO SITE 10 09 2017 EXATO.jpg
Turistas e a ambiência natural.

TURISMO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE - III

As ideias de Reinaldo Dias

O turismo tem condições de ?poluir? os bens ecológicos
Jor. Adelcio Machado dos Santos (MT/SC nº 4155 - JP)

Enquanto produtor e consumidor do espaço, o turismo tem condições de 'poluir' os bens ecológicos, tornando-as objeto de consumo, originando dessa forma danos irreversíveis. Deste fato emana a importância de se criar uma harmonia entre as atitudes dos turistas e a ambiência natural.
A chegada do turismo é avassaladora, seja por meio das intensas propagandas oficiais ou através do surgimento instintivo de destinos que se tornam atração aos olhos dos turistas.
As pequenas localidades algumas vezes são invadidas e o seu dia-a-dia é moldado, na maioria das vezes, pela chegada dos viajantes com seus hábitos, costumes e tradições.
O crescimento do turismo pode agredir, em diferentes graus, os recursos naturais, culturais e sociais das regiões receptoras.
Tal fato acontece uma vez que essa atividade segue a mesma lógica do mercado capitalista, isto é, o mercado turístico guia-se pela valorização patrimonial, pela busca da maior rentabilidade no menor prazo aceitável, deixando em regra, em segundo plano, qualquer preocupação com a preservação dos recursos ambientais.
Os estragos provocados pelo turismo invasivo e sem planejamento podem ser irreversíveis minando, por completo, o patrimônio ambiental.
Verdadeiramente, não é apenas a preservação da diversidade cultural que pode ser ameaçada frente ao desenvolvimento apressado e irresponsável de atividades turísticas. O meio-ambiente, as paisagens naturais e o patrimônio artístico-cultural também podem ser considerados objeto de degradação, quando não existem conscientização e controle.
Finalmente, planejar e preparar são, em última instância, pensar na sobrevivência do meio ambiente, visando à continuidade.
É preciso também pensar na pessoa do turista dentro desse contexto, sendo necessário também que exista uma ajuda externa para que as pessoas descubram e utilizem suas aptidões no sentido de usufruir sem exterminar a natureza.
REFERÊNCIAS


DIAS, Reinaldo. Introdução ao turismo. São Paulo: Atlas, 2005.

______. Sociologia do turismo. São Paulo: Atlas, 2003.

MASINA, Renato. Introdução ao estudo do turismo: conceitos básicos. Porto Alegre: Mercado Aberto, 2002.

CASTELLI, Geraldo. Turismo: atividade marcante do século XX. Caxias do Sul: EDUCS, 1990.


Jor. Adelcio Machado dos Santos (MT/SC nº 4155 - JP)




Imagens



Contatos