O TEMPO SITE 10 09 2017 EXATO.jpg

9 DE SETEMBRO: DIA DO MÉDICO VETERINÁRIO

A importância do Médico Veterinário

9 DE SETEMBRO: DIA DO MÉDICO VETERINÁRIO
Foto: MB Comunicação Empresarial / Organizacional
Luiz Carlos Giongo, presidente do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet).

Luiz Carlos Giongo

Presidente do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet)


MB Comunicação Empresarial / Organizacional/Luiz Carlos Giongo, presidente do Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet).



A região que concentra a maior produção por área territorial de proteína animal do planeta é o grande oeste de Santa Catarina. Uma base produtiva a campo e como indústrias de processamento de carne são os núcleos de uma das mais longas e complexas cadeias produtivas, formadas por representantes de atores e agentes econômicos, que têm desde a sua origem a orientação de um profissional essencial: o médico veterinário .

 Menciono as características dessa importante região brasileira para realçar uma das faces da atuação desse profissional que o Brasil e o Mundo aprenderam a valorizar. Hodiernamente, entre todas as profissões universitárias, o médico veterinário é uma das ocupações mais importantes e essenciais para a nossa sociedade. Com o avanço da ciência, a dinamização da economia e o crescimento da população, o médico veterinário foi muito além da prática de tratar e curar animais.

Graças a esses profissionais, a civilização avançou e cara que a humanidade mudasse a forma de ver o universo e todos os seus elementos. Uma compreensão mais profunda dessa profissão permite entender que os homens e os animais são partes do universo. No passado, os animais viviam para nos servir. Hoje, assimilou-se que eles são parte de um contexto no qual merecem nosso respeito e, mesmo que sejam criados para o fim de servir de alimento, são credores e destinatários de conforto e bem-estar. Não há paradoxo nem falsos dilemas nesse aspecto, mas um entendimento transcendental dessa relação entre seres humanos e os animais.

No curso da história o papel desse ator evoluiu e o médico veterinário não vive apenas para a arte de curar animais e de assegurar tratamento humanitário. Eles fazem parte das estratégias para assegurar a produção de alimentos em escala global. Quem conhece a geografia e a economia catarinenses sabe como esses profissionais foram importantes para aperfeiçoar todos os ramos da atividade pecuária, levando a muitos de famílias, trabalhadores e empresários do conhecimento científico que oportunizou o crescimento e a qualidade de vida.

A conquista de um status de segurança alimentar que o Brasil e outros países adquiriram resultou de seus esforços. A agroindústria e toda a agropecuária brasileira deve muito ao médico veterinário pelo seu trabalho na geração ou na transmissão do conhecimento.

Os médicos veterinários, no exercício de suas atribuições profissionais no campo ou na cidade, exercer papel de interesse relevante para um público de saúde, notadamente no que toca ao controle e erradicação de doenças de animais transmissíveis ao ser humano. A contribuição mais expressiva ocorre quando a Medicina Veterinária busca a saúde pública animal e humana por meio de estudos, diagnósticos e tratamentos, e no conceito mais amplo, aliviar o sofrimento e manter o bem-estar global.

Festejar o Dia do Médico Veterinário em 2021 - comemorado em 9 de setembro - é particularmente importante para a profissão no oeste de Santa Catarina, pois em 9 de outubro o Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas (Nucleovet) completa 50 anos de fundação. Esse meio século foi marcado por muitas atividades, eventos científicos de alta qualidade, defesa profissional das categorias representadas, atividades esportivas, recreativas e culturais etc. Foi uma próspera, pródiga e produtividade caminhada, à altura da importância das profissões representadas.


MB Comunicação Empresarial / Organizacional

Jornalista Responsável - Marcos A. Bedin - MTE SC 00085-JP


Imagens



Contatos